Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 24, 2016

KIN 67 - MÃO LUNAR AZUL

Imagem

CONSTRUIR PONTES

Imagem
Neste mundo que conhecemos as coisas estão em ritmo de mudança; talvez não nos apercebamos, porque o nosso tempo é formado por momentos únicos. Tudo muda, tudo se transforma, mais ou menos rapidamente... depende do quanto estamos olhando para o nosso umbigo ou para o mundo. E na verdade também depende do nosso olhar e da nossa consciência de mundo. Existem lugares em que os mundos se encontram tão próximos com as dobras de um cobertor, Einstein já nos falava sobre as "dobras de tempo", e do quanto podemos "ver" a mais se nós trabalharmos a frequência de nosso pensamento. Novos lugares, num mesmo lugar.

Fazer pontes; esta é uma das tarefas do xamã. Construir pontes para que mais e mais seres possam acessar outros mundos, lugares que só se pode chegar, quando estivermos descondicionados dessa forma de vida. Nossos Mestres, nossos ancestrais, nossos guias não tem mais a nossa forma, se descondicionaram... são Luz, são etéreos. Na verdade só assumiram a nossa forma para…

MAIAS : In Lak’ech Ala K’in!

Imagem
É uma saudação Maia. Na tradição dos Maias, há um cumprimento que muitas pessoas que trabalham com a sabedoria Maia conhecem. É a lei In Lak’ech Ala K’in, que significa eu sou outro você, ou eu sou você, e você é eu (uma interpretação tradicional Maia). Esta saudação é uma honra para o outro, pois é uma afirmação de união e de unidade. In Lak’ech Ala K’in espelha o mesmo sedimento de outras lindas saudações como Namastê para a Índia Oriental, Wiracocha para os Incas e Mitakuye Oyasin para os Lakota. Não importa de que cultura vem, mas quando uma destas saudações sagradas é dada, há sempre um movimento de colocar as mãos sobre o coração.

Hoje sabemos que cada ação que tomamos nas nossas vidas afeta todas as coisas vivas. Entendemos que, se agirmos negativamente, as nossas ações terão um impacto negativo em toda a vida. Quando agimos de maneira positiva, afetamos toda a vida de uma maneira positiva. Quando vivemos no código Maia do In Lak’eck Aka K’in, sabemos que cada ação que empreende…