Postagens

Mostrando postagens de Setembro 16, 2018

ALMAS ANTIGAS SE ENCONTRAM NO AMOR

Imagem
As almas antigas geralmente têm níveis mais profundos de maturidade e sabedoria. Com estas características, vem a necessidade inata de viver e amar autenticamente e de todo o coração. Mas uma alma antiga pode ter mais dificuldade em encontrar amor, porque não está disposta a se conformar. 
Almas antigas têm as melhores intenções quando se trata de relacionamentos, mas aqui estão sete razões pelas quais elas muitas vezes têm dificuldades para encontrar o amor:
1.Elas querem um amor que as ensine Almas antigas não querem ser complacentes em um relacionamento. Elas querem um amor que as ensine e um parceiro que as ajude a crescer. Elas têm uma necessidade inata de aprender e evoluir, e querem um parceiro que as ajude a evoluir em sua jornada.
2.Elas querem um amor vulnerável Ser compatível na superfície não é suficiente. Uma alma antiga quer alguém que esteja disposto a abrir seu coração, mesmo que doa. Ela quer um parceiro que não tem medo de ser vulnerável. Alguém com quem possa compartilha…

PARCERIA: PALAVRA DE ORDEM DO NOSSO TEMPO

Imagem
Pensava em escrever um artigo sobre esta questão de "estar sozinha"... aí, por estas sincronicidades da vida, no meu note, "do nada", abri um arquivo onde salvei alguns artigos que classifiquei como "interessantes". Não precisei escrever, já está escrito e faço minha as palavras de Flávio Gikovate.

"Não é apenas o avanço tecnológico que marcou o inicio deste milênio. As relações afetivas também estão passando por profundas transformações e revolucionando o conceito de amor. O que se busca hoje é uma relação compatível com os tempos modernos, na qual exista individualidade, respeito, alegria e prazer de estar junto, e não mais uma relação de dependência, em que um responsabiliza o outro pelo seu bem-estar.
A ideia de uma pessoa ser o remédio para nossa felicidade, que nasceu com o romantismo, está fadada a desaparecer neste início de século. O amor romântico parte da premissa de que somos uma fração e precisamos encontrar nossa outra metade para nos sen…