• Saviitri Ananda

ÁGUIA - PODER & VISÃO


A Águia é conhecida como a “rainha das aves” ou rainha dos céus pelo sua soberania, beleza e imponência. Por isso seu significado é associado a poder, força, coragem. Simboliza também: nobreza, majestade, liberdade, agilidade e outras virtudes. Sua figura é usada em tatuagens, brasões, logotipos, times de futebol, etc. para representar liderança e destacar o espírito vitorioso. Espiritualmente, a águia representa a proximidade de Deus, porque é considerada, por muitas culturas, a mensageira divina. Na cultura celta é símbolo do renascimento e renovação; para os antigos egípcios era o símbolo da vida eterna; na mitologia grega, a águia é o símbolo de Zeus, o mais poderoso dos deuses. A Águia está muito presente na cultura nativa americana, onde estava relacionada com o espírito divino, criação e liberdade; se acreditava que a águia era uma mensageira que oferecia orações ao Grande Espírito e durante a Dança do Sol, ela seria o facilitador da comunicação entre o homem e o espírito. Além disso, as penas da Águia eram usadas como instrumentos em rituais de cura.


Dentro do xamanismo a Águia é um animal de poder que simboliza, principalmente, visão e força. Dizem que quando o sol se levanta, os ventos do leste anunciam voo da águia, mensageira do sagrado e enviada à Terra para conectar a humanidade novamente com a dimensão do espírito, trazendo iluminação, visão ampla, clarividência, nos convidando a abraçar o nosso propósito e a voar nas esferas superiores, pelos horizontes da consciência, guiados pela fogo do Eu Superior. Conhecida pela sua visão de 360º, tem um olhar preciso, mesmo a muitos metros de distância, e por ser implacável quando vai à caça. Ao avistar a tempestade, a Águia abre suas asas e se lança acima das nuvens escuras, pois sabe que, acima da escuridão passageira, o Sol está a brilhar, imponente e absoluto.


O Espírito da Águia ensina a enxergar longe, além das superfícies. Aprendemos a queimar o nosso Fogo interior para voar mais alto, com firmeza e confiança, pelos caminhos elevados do Espírito. Conta a lenda que a Águia foi enviada pelo Grande Espírito para despertar a humanidade do sono da inconsciência e da união da Águia com o Feminino, nasceu o primeiro Xamã, o viajante do invisível, o desbravador do êxtase. A Águia veio à Terra para ativar às possibilidades infinitas da mente cósmica e para nos lembrar das nossas origens. Representa a conexão com a nossa essência divina, e sua energia evoca força de vontade, lucidez mental e sabedoria. Ela nos ensina a adentrar a dimensão do Vazio, para que a inteligência suprema possa nos preencher e inspirar. Sua visão nos ensina a ver a vida num contexto mais amplo, antes de procedermos ao próximo movimento.


A Águia guarda o Leste, a direção da Iluminação, o caminho do Visionário. Com essa força, abandonamos as ilusões e limitações da matéria, desvendamos o Véu de Maya e reconhecemos o nosso propósito de uma forma humilde, dispostos a trilhar nosso Caminho Sagrado. Quando nos conectamos à águia, expandimos a nossa visão limitada e enxergamos o todo; percebemos os problemas como obstáculos a serem vencidos indo mais além; nos ensina que deve haver equilíbrio entre a intuição e o instinto, quando temos que tomar decisões. Outra lição vinda da águia é sobre força: ela é capaz de atacar e suspender animais muito mais pesados do que ela, porque calcula muito bem e segue seu instinto na hora de agarrar suas presas e abatê-las. Liberdade e coragem são duas outras características que podemos absorver ao nos conectarmos com a águia. Liberdade, porque o céu é a “casa” da águia, e ela passa seus dias voando livremente e coragem, porque a águia é uma das aves capazes de voar mais alto, muito acima das copas das árvores, então se arrisca bastante e não teme as consequências.


Ver com mais amplitude, agir com coragem, respeitando os nossos instintos e os nossos sentimentos, são algumas das lições que a Águia nos passa como animal de poder. Ela também nos ensina que força, não está diretamente relacionada com força física, mas com um conjunto de vários fatores, como inteligência, sabedoria, preparo e instinto; que força não é sinônimo de força física e que, somente quando exercermos a nossa liberdade, estaremos plenamente prontos para tomar as melhores decisões possíveis.


Uma pessoa com talento, perspicácia, inteligência e com excelente visão é chamada de águia. A “visão de águia” é uma expressão usada para definir quem consegue atingir o topo: pessoas com habilidade de ver além do óbvio e com atitudes firmes para agirem diante de qualquer obstáculo. As mensagens de motivação, confiança e aumento da autoestima são muitas vezes transmitidas através de analogias com o comportamento soberano e capacidade de renovação dessa ave. Existem muitas espécies de águias, mas todas se destacam pelo grande porte, plumagem vasta, bico curvo e grandes olhos. Possuem uma capacidade visual extraordinária, oito vezes mais precisa que a visão humana.


ANIMAL DE PODER



Segundo a filosofia xamânica, temos um animal de poder, que é um arquétipo espiritual da nossa personalidade, então não é um definidor de quem somos, mas um símbolo das energias que podem ser encontradas em nosso interior, muitas vezes adormecidas, e que conduzirão nossa caminhada de autoconhecimento e nossas escolhas na vida. Conectar-se a esse animal, ajuda a clarificar os pensamentos e os sentimentos, além de nos direcionar. Conforme formos estreitando os laços com o nosso animal de poder, assimilaremos os ensinamentos e conselhos que ele pode nos passar e estreitaremos a conexão que vocês estamos desenvolvendo. Mas para sabermos qual é nosso animal de poder, necessitaremos da ajuda de um xamã ou de um terapeuta que trabalhe com o tethahealing; não se deve ver isso na internet, via testes aleatórios, o xamã é o melhor conselheiro para indicar como se conectar ao seu animal de poder.


Uma maneira mais simples é a meditação, que permite possibilidades infinitas, como projetar uma aproximação com o animal e um contato que vai deixar evidentes algumas de suas principais características. O animal de poder, portanto, nada mais é do que um guia espiritual que pode nos ajudar a desenvolver alguns traços que serão muito importantes na nossa personalidade. Aqueles que têm a águia como animal de poder podem aprender com a ela a serem sábios, corajosos e fortes, tudo isso sem abrir mão da liberdade de voar por aí. Conecte-se ao seu animal de poder e mantenha-se próximo a ele.


É importante ressaltar também que, ao contrário do que o senso comum pode fazer parecer, não existem animais de poder “piores” ou “melhores”. Então ter a aranha, por exemplo, como animal de poder não é pior do que ter um tigre ou um leão. Cada animal traz suas características únicas, e nenhum é superior. Quando você consultar um xamã, ele vai promover o seu primeiro encontro espiritual com o seu animal de poder, porque na ansiedade, podemos assustar esse animal, o que vai dificultar o próximo encontro.


Depois de iniciá-lo na conexão com o seu animal de poder, o mestre xamã dará conselhos que indicarão de que maneira você pode se comunicar com ele. Mas saiba que a jornada de conexão e harmonia com o nosso animal de poder é bastante individual e única, então é somente nós, pouco a pouco, conforme entrarmos em contato com ele, que conseguiremos determinar o que funciona e o que agrada ao animal. Não nos esqueçamos de que não há nada racional e lógico no animal de poder; essa é uma conexão espiritual, então deve ser tratada como tal.

Bjos no Coração

Namastê!

Saviitri Ananda - CRTH0230

FONTE: www.infopédia.pt

significados.com.br

dicionariodesimbolos.com.br

www.greenme.com.br


0 comentário

Posts recentes

Ver tudo