• Saviitri Ananda

BELTANE - A UNIÃO DOS PRINCÍPIOS FEMININO E MASCULINO


BELTANE é uma comemoração que ocorre no ápice da Primavera; no momento em que a Terra se aquece com o gentil calor do Sol e os tempos do inverno foram, decididamente, deixados para trás. O sol tudo abençoa e a Terra vivifica como nunca. Em nosso hemisfério ele é comemorado no dia 31 de outubro, quando o Sol está se aproximando do seu ponto mais próximo da Terra e o seu calor vai ajudando as plantas a crescerem, as sementes a serem fertilizadas.

Os animais saem de suas tocas, brincam e se acasalam. Existe vida em todos os cantos e cores das mais diversas para onde olharmos. A Deusa (Gaya – Mãe) e o Deus (Sol – Pai), se apresentam em plena vitalidade e amam-se com a maior intensidade. Ambos estão em suas mais belas formas e irão consumar essa paixão em toda vida presente no planeta. BELTANE marca essa união do Deus e da Deusa, representando a fertilidade dos animais e a colheita do próximo ano. Simboliza a união entre os princípios do feminino e do masculino, da criação, da união em todas as coisas.


A palavra BELTANE origina-se de "BEL", deus céltico que era considerado o Senhor da Vida, da Morte e do Mundo dos Espíritos; "time" no idioma céltico significa fogo e assim BELTANE quer dizer: Fogo de Bel. A antiga tradição requeria que o fogo doméstico fosse apagado de todas as casas e que uma grande fogueira feita com as 9 árvores sagradas (freixo, aveleira, bétula, freixo, sorveira, pinheiro, carvalho, espinheiro e sorveira) que era acesa pelos Druidas, sem uso de qualquer artifícios, ao nascer da Lua. Entre os primeiros povos pagãos era costume pular a fogueira para se livrar de doenças ou maus espíritos, dissolver energias negativas, assegurar fertilidade e bons partos. Cada família levava as brasa deste fogo para casa como símbolo de renovação de vida após o inverno frio; a brasa era colocada junto ao fogo doméstico que era re-aceso e permitia que o profano compartilhasse com o divino, trazendo a esperança de um Verão próspero e fértil com colheita abundante.


Para nós esse é o momento de saudar o Verão, reverenciar o Sol e a Terra, nos equilibrarmos. No dia de BELTANE, o Sol está astrologicamente no signo de Touro, que marca a "morte" do Inverno, o "nascimento" da Primavera e o começo da estação do plantio. Beltane inicia-se, acendendo-se, segundo a tradição, as fogueiras de Beltane ao nascer da lua na véspera de 1o de Maio para iluminar os caminhos. Realiza-se o ritual em honra à Deusa e ao Deus, seguido da celebração da Natureza, que consiste de banquetes, antigos jogos pagãos, leitura de poesias e canto de canções sagradas.


São realizadas várias oferendas aos espíritos elementais, e as pessoas que o estão celebrando dançam de maneira muito alegre, no sentido destrógiro, em torno do Mastro ou mesmo do Fogo (símbolo fálico da fertilidade). Eles também entrelaçam várias fitas coloridas e brilhantes para simbolizar a união do masculino com o feminino e para celebrar o grande poder fertilizador do Deus. A alegria e o divertimento costumam estender-se até as primeiras horas da manhã, e, ao amanhecer do dia 1 o, o orvalho da manhã é coletado das flores e da grama para ser usado em poções místicas de boa sorte.

Os alimentos pagãos tradicionais do Beltane são frutas vermelhas (como cerejas e morangos), saladas de ervas, ponche de vinho rosado ou tinto e bolos redondos de aveia ou cevada, conhecidos como bolos de Beltane. Na época dos antigos druidas, os bolos de Beltane eram divididos em porções iguais, retirados em lotes e consumidos como parte do rito. Antes da cerimônia, uma porção do bolo era escurecida com carvão, e o infeliz que a retirava era chamado de "bruxo de Beltane", e tornava-se a vítima sacrificial a ser atirada na fogueira ardente. Nas Terras Altas da Escócia, os bolos de Beltane são usados para adivinhação, sendo atirados pedaços deles na fogueira como oferenda aos espíritos e deidades protetores. Perfume a sua casa com olíbano ou rosas, use incenso ou óleos no vaporizador. As velas para iluminação devem ser verdes ou laranjas e os cristais mais indicados são: esmeralda, cornalina laranja, safira, quartzo rosa. Procure acrescentar na comida ou nos chás que serão servidos: amêndoas, angélica, freixo, campainha, cinco-folhas, margarida, prímula, rosas, raiz satyrion, aspérula e primaveras amarelas.


A comemoração deve começar oficialmente ao nascer da lua da Véspera de 1 o de Maio, sendo tradicionalmente realizada no alto de uma montanha onde são acesas as imensas fogueiras de Beltane para iluminar o caminho para o verão e aumentar a fertilidade nos animais, nas sementes e nas casas. Mas na impossibilidade, acenda o fogo em casa, dentro de um recipiente próprio. Certifique-se de colocar um galho ou ramo de sorveira sobre o fogo para reverenciar os espíritos guardiões de sua casa e sua família, trazendo boa sorte para a casa e mantendo afastados os fantasmas, duendes e fadas malévolos. Se você não tiver lugar apropriado, poderá acender 13 velas verde-escuras para simbolizar a fogueira de Beltane.


Vista-se com cores brilhantes da Primavera (a não ser que prefira trabalhar sem roupa) e use muitas flores coloridas e de odor forte nos cabelos. Antes de vestir-se para a cerimônia, medite e banhe-se à luz de velas com ervas para limpar seu corpo e sua alma de quaisquer impurezas ou energias negativas. Comece traçando um círculo de 3m de diâmetro e monte um altar no centro, voltado para o leste. No lado direito do altar, coloque um punhal consagrado e um cálice cheio de vinho. Acenda 13 velas verde-escuras em torno do círculo.


Prepare uma coroa de flores do campo que florescem na Primavera, tais como margaridas, prímulas, primaveras ou malmequeres, e coloque-a no altar diante dos símbolos da Deusa e do Deus. Pode ser colocado um pequeno mastro decorado (com cerca de 1m de altura) à direita do altar, enfeitado com flores e fitas de cores brilhantes.

É uma noite para se fazer pedidos, principalmente pela nossa Mãe Terra. Pedir para os ESPÍRITOS DA NATUREZA que o céu e o mar permaneçam limpos, que a terra prossiga verde e fértil e que o nosso Mundo seja abençoado com muita Paz, muito Amor e muita ALEGRIA. Claro que podemos fazer alguns pedidos pessoais, sem nos esquecermos que estamos transmutando, que o coletivo passa a ser muito mais importante do que qualquer outra coisa.

Bjos no Coração

Namastê!

*Saviitri Ananda*




0 comentário

Posts recentes

Ver tudo