• Saviitri Ananda

DRAGÃO ESPECTRAL - KIN 141


Dia de Dragão!!! E começamos novamente... O Dragão sempre é a energia primeira, por isso precisamos estar sempre atentos a tudo, compreendendo e perdoando. Vamos deixar para traz a culpa por ter tido determinado sentimento ou exteriorizado determinada emoção, tudo faz parte do aperfeiçoamento e do aprendizado. Perdoemos esse momento, doemos amor a essa situação e agradeçamos pelo aprendizado. Estamos em um grande processo de limpeza e devemos estar atentos a tudo, vigiando cada atitude, cada sentimento, cada pensamento. Aproveitemos a oportunidade que nos é dada para aprender mais, para nos conhecermos mais, para sorrirmos mais. Vamos ampliar nossas buscas, sem nos perder do nosso propósito e de nós mesmos. Chegou a hora de nos unificarmos em nosso ser, aumentando nossa energia vital, deixando fluir as emoções para compreender o que se passa internamente, purificando as atitudes e ampliando nossas buscas. Purifiquemos qualquer emoção ou sentimento negativo para não manter nosso ambiente pesado e provocar perdas de limite; vamos perdoar e liberar, nos desapegar de situações conflitantes e nos amar mais. O que é ter um bem material ou não, ter uma posição ou não, as pessoas se preocupam muito mais com o ter do que com o ser, mas é preciso ser para ter. O ser externo tem o seu processo no mundo físico da mesma forma que o nosso ser interno também tem seu processo no mundo espiritual, o importante é o que sejamos realmente nós mesmos e somos divinos e sagrados. Procuremos então nos desapegarmos de nossos condicionamentos, a maioria de nós só consegue ver o ser exterior e passa a vida inteira presa à ilusão, perdendo a grande oportunidade de se ver e ver o outro, como realmente é. Sejamos leais a nós mesmos para então descobrir a essência de tudo, permita ver tudo com o coração, manifeste-se em amor.


Bjos no Coração

Abraço na Alma

Namastê!

Saviitri Ananda - CRTH0230



Kin 141, Dragão Espectral Vermelho

Nutrir, Libertando o Ser com o poder do Nascimento O Tom Espectral (BULUC) representa o poder da dissolução criativa e da estrutura dissonante. Aquilo que pode parecer o caos e a destruição pode ser, na verdade, uma força necessária para liberar e libertar estruturas e paradigmas rígidos. Conforme liberto o que já não me serve mais, crio novas oportunidades para novos conhecimentos surgirem. O tom Espectral tira-me da rotina, deixando-me livre de expectativas e noções pré-definidas, libertando-me num espectro de possibilidades! O poder espectral encaminha-me para dissolver conceitos fixos, medos ou padrões instalados na minha mente. O Tom Espectral declara: “Eu atraio as reviravoltas e descobertas, eu dissolvo identidades, eu abro espaço para novos modelos, eu manejo a dissonância como uma força que liberta, eu dissolvo crenças limitantes e construo – sem caixas, sem separações, sem fronteiras”. O Dragão Vermelho (IMIX) representa o início, a fonte primária, a mãe da vida, as águas primordiais, o que dá à luz, o iniciador, o fornecedor. A causa primeira, a origem de tudo, o que nutre a vida. É a energia que manifesta o que há de mais oculto dentro de mim, algo muitas vezes desconhecido pela minha consciência. Sinto-me profundamente conectado com os desejos mais íntimos da minha alma, que normalmente se escondem nos outros dias. Expresso esses desejos ao universo e às pessoas que me cercam. Peço ao universo o que preciso e o que, realmente, quero da vida. Inicio, nutro ideias e faço nascer. O Dragão faz-me notar que o universo está constantemente a ouvir-me e que sou completamente responsável pelos eventos que vivo. Como ser individual, sou uma parte de um conjunto maior. Quando consigo ver a vida como algo que parte de uma única fonte, adquiro empatia, paciência e bondade. Ao nutrir os outros, nutro-me a mim mesmo e à minha unificação. O Dragão leva-me a questionar o que está por trás da vida, o que jaz debaixo de tudo o que sou e faço. Tenho acesso ao estado de ser quando estou livre de qualquer compromisso, rumo ou obrigação. Quando não tenho nada a provar ou nenhum lugar para ir, resta-me apenas a pura e abundante existência. Deixo ir! Absorvo a vida, absorvo novos ares. Sou flexível ao fluxo sem forma do universo. Permito que o meu foco cubra um vasto alcance. Dissolvo sentimentos que me limitam. Acolho a espontaneidade e os desvios inesperados. Desfaço, quebro, misturo tudo! Permito que a minha energia viaje para onde for necessário. Liberto-me de todas as fronteiras, crenças, estruturas e limitações. Sou verdadeiramente livre. Trago a energia da liberação a todas as áreas da minha vida que precisam ser preenchidas com liberdade. Acredito que tudo é possível, que existo num universo ilimitado. Dissolvo todas as formas de pensamento de derrota e hábitos que me tirem o poder. Deixo ir ou abro mão de qualquer coisa que me impeça de fazer brilhar a minha luz.

“Ponho em ordem minha liberação, através do conhecimento e da magia de brincar com a vida, sem ofender-me.”

Kin 141, Dragão Espectral Vermelho

Eu dissolvo com o fim de nutrir Libertando o ser Selo a entrada do nascimento Com o tom espectral da libertação Eu sou guiado pelo meu próprio poder duplicado TOM 11: Espectral (BULUC) – Como libertar e deixar ir? PODER – Dissolve | AÇÃO – Libera | ESSÊNCIA – Libertação SELO 01 – Dragão Vermelho (IMIX) PODER – Nascimento | AÇÃO – Nutrir | ESSÊNCIA – Ser Castelo Azul Oeste do QueimarDragão VermelhoGênese do MacacoOnda Encantada 11 do Macaco AzulTom EspectralFonte: www.pan-portugal.com




0 comentário

Posts recentes

Ver tudo