• Saviitri Ananda

IMPORTÂNCIA DA CREMAÇÃO


Este é um texto que encontrei em um livro bem antigo. Não tive tempo para reescrevê-lo, mas expressa uma ideia com a qual compactuo e achei interessante levantar a questão. "Portanto a lei é dada por meu filho em Luxor, Serapis Bey, para a cremação do veículo físico. Pois não disse Ele que a carne e o sangue não podem herdar o reino de Deus? A tristeza cercando a consciência das pessoas sobre a morte, é também o demônio que deve ser expulso. Pois o embalsamento e o enterrar do corpo é o prolongamento da entidade da morte, em si. Pois o corpo é composto de luz; e a luz no núcleo de cada átomo e molécula e célula deve ser desmagnetizada da “terra, (do globo) terrestre” e ao pó, deve ser permitido retornar à terra, assim como a luz que conservou sua matriz é permitida espiralar de volta ao Grande Sol Central, assim que é liberada de sua casca dentro do corpo na forma, pelo elemento do fogo. Para este fim, as inflamáveis salamandras executam seus deveres sacerdotais, de retornar ao nobre trabalho dos Elohim, o corpo masculino e o feminino, ao Grande Sol Central para a repolarização. Deixe que a cremação seja a libertação do meu povo, da morbidez e do apego à forma e a matéria. Pois nunca mais irá essa forma renascer. Mas a alma, a alma será vestida com traje branco, com a retidão dos santos. É a idolatria ao próprio ser, que perpetua o culto ao túmulo e enriquece os agentes funerários e enche os cofres e os caixões dos donos de cemitérios que aproveitam a falsa crença das massas que a imortalidade é encontrada no chão. A terra é do Senhor em toda a sua plenitude. Que o mar e a terra sejam exorcizados da morte, da entidade de morte, e dos corpos onde não haja vida alguma! Pois o sopro da vida já os deixou, para nunca mais retornar. E estas casas vazias são invadidas pelos espíritos sujos da morte que, como abutres, alimentam-se da luz, ainda presa na forma. Isto é luz de Deus e energia de Deus. Deixem que os elementais do fogo, ar, água, e terra reciclem esta energia de volta ao Lar de Deus e vejam como o corpo planetário, a própria abençoada Virgo, irradiará mais Luz, e mais Luz, e mais Luz. Cidadãos da Terra, nós deploramos a consciência da morte em que vocês parecem prosperar, seguindo a moda dos magos negros que os destruiriam vivos. Santos de Deus, isto é uma questão séria! Pois todo o veículo material desta evolução precisa ser clareado. E as antigas práticas do culto egípcio dos mortos (embalsamento) devem dar passagem à cultura de vida que leva à ascensão. Portanto vão e ensinem as pessoas a colocar o corpo (dos falecidos) em gelo, seco ou não, durante dois dias e duas noites. E no terceiro dia, (façam) a comemoração da Ressurreição na invocação da chama de ressurreição. Em uma pira funerária ou em um crematório moderno, deixem o fogo físico passar pelo corpo intacto; pois ambos, carne e sangue, devem manter-se intocados; o embalsamento é proibido pela Fraternidade de Luxor. Este método é seguro, são, e saudável para todos, e permite à alma a liberdade de todos os laços terrenos, pois os quatro veículos inferiores (memória, mental, emocional e físico), são desmagnetizados simultaneamente pelo fogo físico e pelo fogo espiritual, e a alma, como o símbolo alado do KA, toma seu voo com a águia voadora para perseguir as iniciações da Mãe divina nos retiros da Grande Fraternidade Branca. Desta maneira, os demônios não têm nenhuma presa, e os abutres, nenhuma carne ou ossos. E o corpo astral (emocional, o corpo dos desejos), é consumido em si, pelo fogo físico e espiritual, sendo impedido de vagar pela terra, um fantasma do ser anterior. As hordas astrais que devorariam as espirais de luz, são eles mesmos postos a correr. Assim, a alma tem uma livre e limpa saída do ciclo mortal, e é ouvida cantando na plenitude do céu. Sanat Kumara ---------------------- FONTE: Pérola de Sabedoria VOL. 22 NO. 37 – 1979 Ditado de Sanat Kumara dado a mensageira Elizabeth Clare Prophet Saviitri Ananda - KIN 66 às 03:55


0 comentário

Posts recentes

Ver tudo