• Saviitri Ananda

O OLHO DE HORUS


https://www.youtube.com/watch?v=2bD8zXRe940

Esse documentário é muito interessante. Não deixe de assistir. É longo mais vale a pena. Ele traz dados importantes.


Ao longo da História, muitas crenças e religiões predominaram em diferentes lugares do mundo, cada uma com deuses, símbolos e fés particulares. O povo do Egito Antigo, por exemplo, tinha seus próprios deuses, seus rituais (como a mumificação) e seus amuletos. O mais poderoso deles era o Olho de Hórus, conhecido como “udyat”, que pode ser traduzido como “estrela ascendente” ou “olho direito”. Representa um dos olhos do deus Hórus, que tinha cabeça de falcão e era o deus dos céus e da vida. Seu olho esquerdo representava o Sol, enquanto o esquerdo representava a Lua. O olho direito do deus Hórus é aquele que representa o Sol. Seu formato tem pequenas variações, mas geralmente é representado por um olho semiaberto encimado por uma sobrancelha e, abaixo, um traço com ponta curva segue à esquerda, enquanto outro segue reto para baixo do olho.


O suposto poder do amuleto Olho de Hórus vem da própria lenda do deus Hórus. De acordo com esse mito, o deus Hórus entrou em um confronto mortal com o deus Set e venceu. Porém, nessa batalha fatal, acabou perdendo seu olho direito. Para substituí-lo, mandou fazer um amuleto com o mesmo formato de seu olho, mas formado por serpentes. Depois de vencer esse embate com Set, Hórus se tornou o deus dos vivos, algo como o deus supremo do panteão egípcio. Por isso era comum que os faraós egípcios quisessem as bênçãos e o poder relacionado a essa divindade, já que ela considerada a mais poderosa. Então muitos faraós mandavam entalhar, na ponta de suas coroas, o símbolo do Olho de Hórus, que, pouco a pouco, começou a ser usado também por pessoas comuns do Egito Antigo, resistindo ao tempo e até mesmo transcendendo a cultura desse povo milenar.


A origem do Olho de Hórus é o Egito Antigo, mas é difícil precisar exatamente em qual momento dessa civilização ele surgiu, acreditando-se que tenha sido entre 3.100 a.C. e 2.055 a.C. O Olho de Hórus significa o poder do Sol, que era a força representada pelo olho direito de Hórus. Como os egípcios associavam o Sol à vida, à prosperidade, à alegria, à abundância, à fertilidade e ao poder, podemos dizer que esse é o significado do Olho de Hórus da vida. Quando a sociedade egípcia foi se modernizando e explorando a ciência e a anatomia, em vez de o avanço desses campos anularem os antigos mitos, eles se amalgamaram. Então o Olho de Hórus, passou a ser um símbolo da glândula pineal, uma parte do nosso cérebro que produz a melatonina e regula o nosso sono. Como ela fica no centro da nossa testa, o Olho de Hórus era considerado por muitos uma espécie de “terceiro olho”, posicionado entre os dois olhos anatômicos. Na época, os místicos egípcios, que também estudavam ciência, acreditavam que esse terceiro olho ligava a matéria (o corpo) à alma.


A simbologia do Olho de Hórus é bastante vasta. Como poucos, mesmo no Egito, ainda creem na mitologia egípcia, é correto, de certa forma, dizer que o significado inicial do amuleto se perdeu, já que, inicialmente, ele era um pedido de força e proteção ao deus Hórus. Mas outros significados podem ser tirados desse amuleto. Dizem que esse amuleto é capaz de afastar a inveja e o mau-olhado. Não se sabe de onde surgiu essa crença, mas ela está alinhada ao mito original, já que Hórus (deus da vida) perdeu o olho ao enfrentar Set (deus da destruição), que matou seu pai, Osíris, por inveja. Portanto, se você acredita que esse amuleto pode afastar energias negativas da sua vida, é isso o que importa. Além disso, outro uso comum do Olho de Hórus é entre os membros da sociedade secreta da maçonaria, onde é considerado o “olho que tudo vê” e representa a onisciência do Grande Arquiteto do Universo, como é chamado o deus supremo entre aqueles que fazem parte da sociedade.


Não existe nenhuma regra específica na hora de usar o amuleto do Olho de Hórus. Como o significado dele é espiritual, pouco importa de que maneira você vai usá-lo, desde que acredite no poder de proteção contra energias negativas que ele traz. As maneiras mais práticas de andar com esse amuleto é em forma de acessórios, como em pingentes, colares, pulseiras, brincos, anéis, entre outros. Aqueles que realmente acreditam no poder desse amuleto costumam até tatuá-lo em alguma parte do corpo, principalmente na nuca ou nas costas porque, assim, creem que vão estar protegidos de maneira ininterrupta. O que é importante ressaltar para aqueles que decidirem usar o amuleto como acessório é: evite bijuterias e sempre tente comprar objetos em metal, que é condutor de energias espirituais. De tempos em tempos, lave o amuleto com água corrente e o deixe secando ao Sol, já que ele representa as energias solares. Enfim, essas são as principais informações sobre a origem, o simbolismo e os poderes do amuleto egípcio conhecido como Olho de Hórus. Se você acredita que ele pode afastar energias negativas da sua caminhada, incorpore-o em sua vestimenta e em sua rotina e colha os benefícios dessa proteção e desse empoderamento.


0 comentário

Posts recentes

Ver tudo