• Saviitri Ananda

PINEAL - PONTO DE CONEXÃO METAFÍSICA


"A glândula pineal é suportada pelo Ajna chakra, que no passado constituía o Terceiro Olho, ou Olho de Shiva. Este é o canal da energia espiritual direta, e apesar de ser normalmente selado após a puberdade, ele pode ser reaberto através da constante auto investigação (Atmavichara), que ocorre através de meditação verdadeira, ou consciência livre de pensamentos; este não é um processo mental, pois se relaciona ao plano informe do puro Ser, para o qual representa – de forma figurativa – somente mais um lugar removido."

Kenneth Grant - O Renascer da Magia

A pineal, como a hipófise é uma glândula endócrina, do nosso corpo, do tamanho de uma pequena ervilha na frente da nossa cabeça e essas duas glândulas fazem uma ponte que nos permite exercer a nossa multidimensionalidade ou como diriam alguns, " uma ponte que te permite transitar entre os mundos". Por sua localização no centro do cérebro e sua conexão com a luz é comumente denominada "terceiro olho".

Nas tradições espirituais místicas e esotéricas a glândula pineal é vista como o ponto de conexão metafísica entre os mundos físico e espiritual. Algumas descrições desta glândula e sua localização anatômica foram encontradas nos escritos de Galeno, médico e filósofo grego que viveu durante os anos 130 à 210 DC. E já nos tempos antigos, René Descartes afirmava que a pineal era o ponto de união entre o corpo e a alma ou "o assento da alma" - o olho da mente - ou seja, um órgão com funções transcendentes; o local do corpo físico dos seres humanos onde se dão as transformações da consciência.

A glândula pineal fica localizada na parte central do cérebro, entre as duas metades do cérebro, e ao nível da sobrancelha; desenvolvida possui aproximadamente 5 a 9 mm de comprimento e seu formato se assemelha a uma pinha, e por isso recebe esse nome, que deriva do latim "pinea". É sensível à luz e qualquer tipo de exposição à luz a ativa, o que faz com que produza a serotonina, que é o neurotransmissor responsável pelos níveis de humor e energia. Quando estamos no escuro ela começa a produzir melatonina e suprimir a serotonina, para garantir que possamos ter um sono bom e repousante e o contato com iluminação durante a noite pode estimular a produção de serotonina, enganando nossa pineal para pensar que é durante o dia e confundindo o ciclo de sono. Como a pineal produz melatonina, a substância responsável pela regulação do nosso ritmo, controla os ciclos vitais do nosso corpo, como os padrões de sono e o nosso relógio biológico.


A melatonina produzida pela pineal é um hormônio que regula nossos ciclos de atividade-repouso, o sono-vigília, e o sistema imunológico. A pineal funciona enquanto está escuro, por isso é muito importante que, ao nos prepararmos para dormir, apaguemos as luzes, desliguemos o som e fiquemos distantes de qualquer equipamento emissor de ondas (computador, celular, geladeira, forno de micro-ondas, qualquer aparelho elétrico ou eletrônico que emita algum tipo de ondas que perturbam a pineal). Além disso devemos refrescar o ambiente porque o calor também prejudica o adormecer e podemos também eliminar as fontes aromáticas que podem excitar nosso cérebro.

É muito interessante o fato de que quando somos crianças, a pineal é maior e ocupa uma boa porção da parte de trás do nosso hipotálamo. Ela também se calcifica e se torna mais lenta, e já se sabe que a calcificação da pineal tem uma correlação forte com a ocorrência do Mal de Alzheimer e que o fluoreto é um dos principais causadores desse processo de calcificação assim como na redução da produção de melatonina. Conforme envelhecemos, esta e outras glândulas vão encolhendo ( ex: o timo, a glândula da alegria). Assim, o bom funcionamento da pineal, nos garante ampla saúde do nosso organismo através de uma boa produção da melatonina, que combate insônia, nervosismo, estresse, envelhecimento precoce, depressão, doenças cardíacas, câncer, catarata, impotência masculina, frigidez feminina, além de epilepsia, hipertrofia da próstata e doenças de pele, além um “terceiro olho” mais luminoso e aberto.


A anatomia cerebral é estudada há séculos pela ciência formal, e desde a Antiguidade a pineal é chamada de Terceiro Olho, tendo muitos textos antigos como os Vedas, cheios de exemplos de conhecimentos que a humanidade possui há milênios, mas que só atualmente estão sendo comprovados pela ciência, principalmente a física quântica, com Goswani. Ainda não temos plena certeza dos detalhes do funcionamento do cérebro humano, mas há milênios a função da glândula pineal é conhecida por tradições ocultas de todo o mundo.




Diversas culturas das mais ancestrais às mais modernas, concordam com as propriedades mágicas dessa glândula, que é representada pelo Terceiro Olho ou uma pinha e não são apenas os místicos, mas cientistas e doutores que vêm falando de suas propriedades ocultas. Na verdade a pineal é o centro dos nossos poderes psíquicos e despertar e controlar nosso terceiro olho é a chave para desenvolver poderes como multidimensionalidade, níveis superiores de consciência, equilíbrio corporal, presciência, clarividência, compreensão do sutil.

Uma das formas de acionar a nossa pineal é através do uso do Kundalini. O Kundalini é representado como a serpente que dorme enrolada na base da nossa coluna vertebral e ao acionar os nossos chakras, despertamos esta energia e fazemos com que ela chegue até o Ajna ( Terceiro Olho) para depois chegar ao seu destino, o Sahasrara (chakra coronário). O Kundalini é uma fonte de imenso poder mágico, acessível a cada um de nós e pode ser usada por todos, desde que se tenha conhecimento e técnica, porque como se trata de energia concentrada e poderosa, pode não ser um método seguro.


Fazer a "subida da Kundalini” consiste em levar energia do chakra raiz ( Muladhara), chakra mais baixo para o mais elevado ( Sahashara), seguindo o caminho da coluna, uma transferência de energia que possibilita alcançar níveis e variedades de energia normalmente não disponíveis em determinado ponto do corpo. Geralmente a representação do Kundalini é feita por uma "serpente de fogo", pois o fogo está claramente associado à energia e ao poder contido nessa força e a associação com a serpente está no fato de que os chakras estão dispostos em uma linha, e na forma que a serpente atua. Quando a serpente está enrolada, não está necessariamente descansando, pelo contrário: ela está pronta para dar o bote. A Kundalini adormecida em nosso corpo é como uma serpente pronta para dar o bote, pronta para se esticar, saltar, partir para o ataque. É como uma mola comprimida, acumulando energia potencial, prestes a ser descarregada.


No nosso cotidiano urbano estamos sujeitos a diversos fatores que colaboram para a calcificação da pineal e cabe a cada um de nós fazer um esforço ativo para descalcificá-la, liberando seu potencial. Esse esforço inclui nos mantermos distantes dos eletroeletrônicos o mais que possamos e alterar a alimentação, evitando principalmente os produtos químicos que usamos; coisas aparentemente inofensivas, como o flúor na água que bebemos, tem potencial para calcificação da glândula pineal.


O significado da glândula pineal tem sido ilustrado em inúmeras culturas e crenças diferentes, muitos estudos compilam informações sobre o desenho da glândula pineal desde o conhecimento nos legado pelas culturas ancestrais, análises críticas de suas bases científicas a evidências na literatura científica atual e hoje temos um vasto campo de informações sobre a pineal e sua correlação potencial com a quântica e o campo da medicina. Os temas relacionados com a glândula pineal: saúde mental, função reprodutiva, endocrinologia, relação com a atividade física, conexão espiritual, a crítica da teoria de que o órgão não exerce nenhuma função e descrição de um hormônio secretado pela glândula ( melatonina). Um estudo maravilhoso foi publicado com o título de: Aspectos históricos e culturais da glândula pineal: comparação entre teorias fornecidas pelo Espiritismo na década de 1940 e a evidência científica atual

(https://www.febnet.org.br/wp-content/uploads/2012/06/Artigo-Cient%C3%ADfico-Aspectos-historicos-Pineal.pdf).

Uma das representações mais conhecidas da pineal é o Olho de Hórus, um símbolo egípcio que significa, entre outras coisas, o poder real.

Um artigo publicado na revista Cromatografia Biomédica (1990), falava sobre o tanto que os cientistas ainda estão aprendendo muito sobre a pineal, velha conhecida tanto no espiritualismo oriental quanto na filosofia ocidental como sede da consciência humana. Os orientais há séculos acreditam em outros planos de existência, e que "os olhos podem ser vistos por todo o corpo". Nós ocidentais ainda navegamos lentamente sobre "as ondas desse mar" e apenas em 1919 Tilney e Warren escreveram que a semelhança entre a pineal e o olho e mas muitas similaridades existentes entre uma e outro, provam que a pineal foi formada para ser sensível à luz e possivelmente tem capacidades visuais. Dessa maneira e lentamente começamos entender a glândula pineal como um terceiro olho ou "olho da mente".


Fato comprovado pela ciência revela que a pineal detecta a luz, e produz melatonina de acordo com a quantidade de luz que detecta; deste modo, controla de forma essencial alguns ritmos importantes do corpo e como já foi citado, afeta os sistemas de reprodução e imunológico. Também foi observado que a pineal de um rato produz uma substância chamada DMT que tem uma ampla presença nos seres orgânicos e que, ingerida por pessoas, provoca experiências psicodélicas, muitas vezes caracterizadas como intensamente espirituais. O DMT foi denominado de "molécula do espírito" pelo Dr. Rick Strassman quando da pesquisa realizada na Universidade do Novo México.


"Olho que tudo Vê" - " Ele é um olho cercado por raios de luz ou em glória, muitas vezes dentro ou em cima de um triângulo ou de uma pirâmide. O famoso símbolo costuma ser interpretado como a representação do olho de Deus observando a humanidade, mas não necessariamente significa que pertença a ele." Muitos artigos e pessoas confundem o "Olho que Tudo Vê" com o Olho de Hórus da mitologia egípcia. O triângulo, normalmente, é visto como uma referência mais explícita da Trindade de Deus, no Cristianismo.


Olho de Hórus: "Olho de Hórus, também conhecido como udyat, é um símbolo que significa poder e proteção. O olho de hórus era um dos amuletos mais importantes no Egito Antigo, e eram usados como representação de força, vigor, segurança e saúde."


Acrescentando:


1- SIMBOLISMO DA PINHA, GLÂNDULA PINEAL E O TERCEIRO OLHO OCULTISTA.

2-

A Glândula pineal é tida no Ocultismo como o 'Terceiro olho', que era desenvolvido na antiguidade ao ponto de se manifestar fisicamente na testa, entre os dois olhos, mas que conforme o tempo foi perdendo sua funcionalidade e regredindo até desaparecer visualmente, tornando-se uma estrutura 'adormecida'. "Durante a terceira Raça e no início da quarta existiu um Terceiro Olho, órgão principal da espiritualidade no cérebro humano, local do gênio, o "Sésamo" mágico, que pronunciado pela mente purificada do místico abre todas as vias da verdade para aquele que sabe usá-lo." Blavatsky- A Doutrina Secreta, Vol.III


" A Glândula Pineal é suportada pelo Ajna chakra, que no passado constituía o Terceiro Olho, ou Olho de Shiva. Este é o canal da energia espiritual direta, e apesar de ser normalmente selado após a puberdade, ele pode ser reaberto através da constante Auto Investigação (Atmavichara), que ocorre através de meditação verdadeira, ou consciência livre de pensamentos; este não é um processo mental, pois se relaciona ao plano informe do puro Ser, para o qual representa – de forma figurativa – somente mais um lugar removido. " Grant- Renascer da Magia – in Centros de Poder Todas as Escolas Esotéricas de Mistérios, nisto incluso a Sociedade Secreta primordial - A Irmandade da Serpente - ensinam caminhos diferentes que conduzem o mesmo objetivo, que é uma 'iluminação espiritual', através da 'ativação/abertura' da Glândula Pineal.


Os Ocultistas afirmam que à medida em que uma pessoa progride na percepção do 'deus interior' alcançará um ponto em que esse novo conhecimento 'espiritual' de repente 'abrirá' sua glândula pineal. Os adeptos e seguidores do Hinduísmo demonstram essa crença pintando um ponto entre os olhos. A Glândula Pineal é representada pelo pinha no simbolismo Ocultista. "A Glândula Pineal é uma ligação entre a consciência do homem e os mundos invisíveis da Natureza. Sempre que o arco do corpo da hipófise entra em contato com esta glândula há flashes de clarividência temporária, mas o processo de fazer esses dois trabalharem juntos de forma consistente é um que requer, não só anos, vidas de consagração e treinamento Fisiológico e biológico especial.


Este Terceiro Olho é o Olho ciclópico dos antigos, pois era um órgão de visão consciente muito antes de os olhos físicos serem formados, embora a visão fosse um senso de cognição e não a visão naqueles dias antigos. " Hall- Melquisedec e o Mistério do Fogo" E disse a mulher à serpente: Do fruto das árvores do jardim comeremos, Mas do fruto da árvore que está no meio do jardim, disse Deus: Não comereis dele, nem nele tocareis para que não morrais. Então a serpente disse à mulher: Certamente não morrereis. Porque Deus sabe que no dia em que dele comerdes se abrirão os vossos olhos, e sereis como Deus, sabendo o bem e o mal. " Gênesis 3 : 2 Quando comeram o fruto proibido, o olho (hebraico: ayin, que significa exatamente um "olho" singular) da compreensão foi aberto em relação ao bem e ao mal. Eles se tornaram "como deuses" no sentido de que a partir daquele momento Adão e Eva passaram a ter conhecimento tanto com relação ao bem quanto ao mal. O que a serpente (Satanás) não disse foi que há consequências gravíssimas ao se desobedecer o Eterno e escolher do mal... Romanos 6 : 23


A Glândula Pineal também é representada pelo olho de Hórus, um simbolismo amplamente difundido, também conhecido como 'Olho da providência' ou 'Olho que tudo vê'. A representação de Eliphas Lévi de Baphomet incluía vários símbolos aludindo à elevação da kundalini – energia serpentina – que em última análise, leva à ativação da glândula pineal. Então, do ponto de vista esotérico, Baphomet também representa este processo oculto. 'Atingir o Nirvana', 'a elevação da Kundalini', 'tornar-se um iluminado', 'abrir o Olho de Hórus', 'ativar os Chakras', etc... Todas estas manifestações referem-se à 'abertura' da glândula pineal, o Terceiro Olho Ocultista. É através de atividades, cultos, rituais e meditações manipulando a glândula pineal que visam 'a iluminação', 'o despertar da consciência' e ou o "autoconhecimento" que Ocultistas sintonizam frequências nas quais os seres interdimensionais (demônios) se manifestam e agem. Manly P. Hall em Ensinamentos Secretos de Todas as Idades' - expõe a conexão entre diversas mitologias pagãs, as doutrinas Ocultistas e a glândula pineal, o 'Terceiro Olho' Ocultista : "Similitude suficiente entre o Chiram maçônico e o Kundalini com o misticismo Hindu para justificar a suposição de que Chiram pode ser considerado também um símbolo do espirito do fogo movendo-se através do ventrículo sexto da coluna vertebral. A ciência exata da da regeneração humana é a chave perdida da Maçonaria, pois quando o espírito do fogo é levantado através dos trinta e três Graus, ou em seguimentos da coluna vertebral, e entra na câmara de cúpula do crânio humano, que finalmente passa para o corpo pituitário (Isis), onde ele chama Rá (Glândula Pineal ) e exige o nome sagrado."


" A maçonaria operativa, no sentido mais completo do termo, significa o processo pelo qual o olho de Hórus é aberto. E. A. Walllis Budge observou que em alguns dos pários ilustram a entrada das almas dos mortos na sala de julgamento de Osíris, a pessoa falecida tinha uma pinha anexada à coroa da cabeça. Os místicos gregos também carregavam um cajado simbólico, sendo a extremidade superior em forma de PINHA, que era chamado de tirso de Baco. No cérebro humano é uma pequena glândula chamada corpo pineal, que é o olho sagrado dos antigos, e corresponde ao terceiro olho do Ciclope. " É um fato a degeneração progressiva da fisiologia humana perpetrada pelo Sistema nas suas mais variadas formas (Rastros químicos, Fluoretação da Água Alimentos modificados geneticamente, Aditivos tóxicos, Radiações ionizantes, etc...), pois é rentável e estratégico para o Sistema manter o gado adoecido, assim como é um fato a Glândula Pineal ser parte integrante do cérebro humano, sendo desta forma, portanto, feita através do intento volitivo do Eterno possuindo assim uma funcionalidade intrínseca que lhe foi determinada (responsável pela regulação hormonal dos ciclos circadianos, que são os ciclos vitais, sobretudo o sono, no desenvolvimento sexual, na hibernação e metabolismo).


Entretanto a promoção de que tal glândula endócrina precise ser 'aberta', 'estimulada', 'ativada', 'descalcificada para que possamos nos conectar com Deus' e ou que seja o próprio 'mecanismo estrutural da fé', onde através da 'abertura' da mesma 'podemos nos conectar diretamente com o divino', como alguns estão a promover é claramente uma visão errônea e nociva, influenciada por doutrinas Ocultistas, algo que vem sendo sistematicamente veiculado e estimulado por quem comunga com as práticas ocultistas e tola e inocentemente relativizado por quem não tem consciência do que seja o Ocultismo... "Havendo atravessado toda a ilha até Pafos, encontraram certo judeu, mágico, falso profeta, de nome Barjesus, o qual estava com o procônsul Sérgio Paulo, que era homem inteligente. Este, tendo chamado Barnabé e Saulo, diligenciava para ouvir a palavra de Deus. Mas opunha-se-lhes Elimas, o mágico (porque assim se interpreta o seu nome), procurando afastar da fé o pro cônsul. Todavia, Saulo, também chamado Paulo, cheio do Espírito Santo, fixando nele os olhos, disse: Ó filho do diabo, cheio de todo o engano e de toda a malícia, inimigo de toda a justiça, não cessarás de perverter os retos caminhos do Senhor?" Atos 13:6-10 Estas anotações são de um diário antigo e não consta o autor, apenas assina OPR.


2-

"A glândula timo está associada ao poder da intenção, da coragem e da autoafirmação. Bater nela com os nós dos dedos da mão fechada produz uma ressonância muito positiva. Por isso, tanta gente sem saber disso bate no peito diante de uma vitória, ou toca esse ponto para afirmação da sua identidade. Já reparou? Pela manhã, após acordar, bater no timo é favorável. Tudo isso adianta muito se você compreender o PODER DA INTENÇÃO, pois uma palavra de poder é nada sem a sua profunda, muito profunda e forte intenção. Um exemplo, é quando você usa a palavra chispa e produz um som sibilante - "chissssssspa" - tanto para afastar o que te incomoda, quanto para atrair o que precisa, conforme o uso na glândula timo. Não é o "poder da palavra", e, sim, o poder magnético da sua intenção movendo as palavras. É a sua força oculta por trás da oculta força, tanto que ninguém vê e poucos percebem o poder da sua força, tantas vezes, nem mesmo você está consciente dessa força. E segue, às vezes, negativado pelos medos. Você move o seu poder e o Universo responde através de novos sentimentos, novas ideias, novas pessoas, novos eventos. Bater no timo e usar palavras como chispa divina, gradualmente acorda no seu Inconsciente o poder de atrair a coragem, o bom, o bem e o belo. Pratique todos os dias, todos os dias e verá." J. C. Alarcon .




3-

O que fazer, então, para manter a saúde da glândula pineal? * Reduza o flúor A redução do flúor das águas tratadas pode-se lograr filtrando adequadamente a água da torneira (não use filtro por osmose reversa que, na verdade, mata a água): mude sua pasta de dentes para uma que não contenha flúor e, no limite, use água mineral não fluoretada em sua casa.

* Tome vinagre de maçã diariamente 2 a 3 colheradas de vinagre de maçã por dia é um excelente desintoxicador do nosso organismo.

* Coma alimentos ricos em iodo O iodo é abundante nas algas marinhas, frutos do mar, banana, oxicoco (cranberry), couve, brócolis, feijão verde, outras folhagens verdes e muitos outros alimentos.

* Cacau cru A semente do cacau é uma delícia, e também a polpa do fruto quando fresco. Com o cacau cru se combate os radicais livres e se mantém o cérebro saudável, estimulando e desintoxicando a pineal.

* Óleo de coco extra-virgem Prensado a frio é um ótimo nutriente para nosso organismo, é rico em triglicérides de boa qualidade que, no fígado, sob a forma de cetonas, restauram os neurônios e a função dos nervos no cérebro.

* Centelha asiática, brotos de alfalfa e de salsinha Também dá esse efeito desintoxicante e energizante da glândula pineal. Estas são ervas que podem, facilmente, ser incorporadas à sua alimentação em saladas, chás ou temperos.

* Privilegie alimentos ricos em: Ácido fólico, cálcio, magnésio, selênio, omega 3 e vitamina B6

* Incorpore à sua alimentação diária: Mel, banana e jabuticaba. * Ah, e deixe seu óculos de sol meio de lado Isso é importante porque a pineal reage à quantidade de luminosidade que nos entra pela retina como uma célula fotossensível. https://www.greenme.com.br/viver/saude-e-bem-estar/2948-pineal-ponte-corpo-alma


4-

André Luiz e a glândula pineal: antecipação de informações científicas - in Revista Reformador.

Livros: BLAVATSKY Helena - A Doutrina Secreta

GRANT Kenneth - Kundalini e o O Renascer da Magia

CARROL Peter - Liber Null e Psiconauta

Bjos no Coração

Abraço na Alma

Namastê

Saviitri Ananda - CRTH0230












0 comentário

Posts recentes

Ver tudo