• Saviitri Ananda

ROMPENDO O CASULO PARA VOAR


Em nossas vidas, neste exato momento, algo está acabando e algo está começando... o velho dando lugar para o novo. Sentimos que estamos prestes a nos deparar com novas possibilidades, mas não sabemos ao certo de onde elas virão. Imaginamos coisas, nos sentimos inseguros, em perigo; todavia estamos simplesmente concluindo uma etapa e nos preparando para um futuro sempre melhor.


A imagem do casulo é bem própria para este momento. Como a borboleta, estamos saindo do casulo, deixamos o passado para trás e nos preparamos para um voo mágico. Estamos no limiar de estender nossas asas em novas direções de entendimento, absorvermos todo o nosso potencial. Todo novo passo, toda mudança exige força e coragem... é difícil; mas temos a coragem necessária para afastar o medo e seguir adiante.


Quando a borboleta emerge do seu casulo, ela pensa que está morrendo e nem imagina o voo mágico que a espera. Assim, devemos nos conscientizar que o velho e estagnado deve findar, porque nos ocupa o espírito e não deixa a transmutação ocorrer. Vamos transformar o medo da lagarta no voo libertador da borboleta, nosso medo em ação.


Devemos nos afastar dos dramas emocionais, evitar a ação viciante que eles exercem. Uma atitude sensata e enxergar o desperdício de energia que eles representam. Alçar novos voos exige empregar a nossa razão mais elevada para distinguir o que é fato e o que é ficção.


Examinemos a situação de todos os lados, organizemos nossos pensamentos e entremos em contato com o nosso Eu Interior. A razão não é o oposto da intuição; ela deixa o caminho livre para que entremos em contato como o Deus que habita em nós.


Não há nada bloqueando o nosso caminho. Limpemos a área e nos livremos de tudo aquilo que não nos serve mais. Vamos nos afastar de coisas, situações e pessoas que não nos trazem alegria, vitalidade, crescimento interior, porque não podemos caminhar para momentos melhores e maiores se não abandonarmos os que temos em mãos. Este ato nos traz a maturidade espiritual e a capacidade de nos comprometer com a vida em seus próprios termos.

Bjos no Coração

Namastê!

Saviitri Ananda - CRTH/BR0230




0 comentário

Posts recentes

Ver tudo