• Saviitri Ananda

SAÚDE QUÂNTICA - ABORDAGEM TERAPÊUTICA



Pela medicina tradicional tratamos qualquer problema de saúde com idas ao médico, exames e remédios, químicos que na maioria das vezes tem efeito colateral (ex: melhoram o coração, estragam o fígado, etc). Mas estamos falando de uma abordagem terapêutica contemporânea, que se apoia nos conceitos da física quântica e surge como uma alternativa, não apenas para tratamento da nossa saúde, mas para obtermos qualidade de vida: Saúde Quântica. Amit Goswani, Ph.D em física quântica foi precursor de estudos que nos mostram que a ciência pode ser conjugada com a espiritualidade. Devem ser citados também Mark Planck, Albert Einstein, que desenvolveram a física quântica explicando a matéria em suas muitas formas, a origem do universo e a nossa evolução.

A Saúde Quântica sempre foi praticada na Índia pela medicina Ayurvédica, mas se difundiu muito através dos livros de Deepak Chopra, que mostra que “remédios”, só remediam e não curam o problema se a pessoa em questão não mudar seus hábitos. Quando adoecemos, sofremos um desequilíbrio no organismo e para nos reequilibrarmos precisamos sair de padrões adquiridos, mudando nossos hábitos. Uma alimentação mais orgânica, exercícios físicos e, principalmente, busca de autoconhecimento (como se articulam nossos pensamentos e consciência emocional, como sentimos as coisas) para termos mais qualidade de vida.

“A Saúde Quântica propõe conhecer as causas da enfermidade, e não somente tratar os sintomas com medicamentos. Ela dá ferramentas para a pessoa desenvolver a autoconsciência e entender que ela mesmo cria a realidade. " Wallace Lima A Saúde Quântica trabalha com o conceito de Albert Einstein de que tudo é energia, e assim, basta que sintonizemos a realidade desejada que ela vai se materializar. Isso é física. “Mudando a frequência do pensamento, conseguimos alterar o estado da matéria”. Pensamentos e sentimentos são energias e podem nos fazer adoecer ou viver saudavelmente. Quando buscamos o autoconhecimento e autoconsciência entre corpo, mente e espírito, nos damos a possibilidade de reorganizar nossas vidas, como também conquistarmos a saúde plena. Nossa realidade mostra que a medicina tradicional se informatizou tanto, que esqueceu do legado da medicina ancestral, as terapias alternativas ou a medicina complementar.



A Kinterapia é um sistema terapêutico que trabalha dentro dos conceitos da Saúde Quântica, unindo a medicina indiana (Ayurveda – Yoga – Meditação), a medicina andina (Tzolkin e Munay Ki) e a Calatonia (Pethö Sándor), um conjunto de práticas que nos ajudam a focar a atenção no momento presente, no Aqui e Agora. “Comer, Amar e Rezar” de maneira consciente, nos propiciam agir como co-criadores de uma realidade melhor. Quando ficamos no passado, “perdemos tempo” revivendo o que passou e não construímos um futuro; mantemos os mesmos processos internos, desejando uma nova realidade externa. Andamos em círculos, ficamos condicionados ao mesmo padrão das experiências passadas. Spencer Johnson escreveu “O Presente Precioso” e os chineses já falavam que o passado só serve de aprendizado e que é no presente que construímos o futuro.

Comer: somos o que comemos e nosso biótipo necessita de certos alimentos e outros são venenos. Com a análise dos doshas, tomamos conhecimento das necessidades do nosso corpo. Amar: Só se ama o que se conhece. O autoamor gera pensamentos, sentimentos e atitudes que desenvolvem a autoconsciência e permite edificar a própria realidade harmoniosa. A medicina ancestral, usada por doutores, xamãs e curandeiras nos ensina que devemos respeitar a nossa natureza e que emoções repetidas causam desarmonias (tudo que é “demais” faz mal). Através da medicina chinesa, sabemos que o medo prejudica os rins, a tristeza afeta os pulmões e a raiva o fígado. Rezar, meditar, refletir nos mantém focados no momento, alinhando pensamentos e sentimentos, alcançamos um estado contemplativo (cérebro e coração pulsando juntos); também fortalecemos nossa imunidade (importantíssimo durante a pandemia), protegemos nosso coração e diminuímos processos inflamatórios.

A abordagem terapêutica através da Saúde Quântica traz a possibilidade de desenvolvermos a autoconsciência, de viver o presente e observar nossos pensamentos e sentimentos, sem mentiras ou auto sabotagens. Somos co-criadores, quando vibramos numa frequência, ressonamos e atraímos aquilo que está nela; se estivermos vibrando positivamente, atrairemos coisas boas, mas se nos sincronizarmos com pensamentos negativos, atrairemos o inverso. Jung usava o termo “sincronicidade” para definir a coincidência entre eventos psíquicos e físicos e a quântica usa o termo como sendo a resposta do universo ao nosso campo magnético do momento. Precisamos buscar o autoconhecimento, afinal os pensamentos e sentimentos são energias e como tal geram um campo magnético que atrai energias que afetam nosso corpo e um campo vibracional negativo pode nos causar desequilíbrios/doenças. As doenças são manifestações físicas que possibilitam uma “parada obrigatória” para se fazer análise. Refletindo, vamos descobrir em que tipo de energia estamos vibrando, se o que está acontecendo tem origem física ou emocional e assim, conscientes da nossa maneira de reagir, podemos nos DES-condicionar, deixar o processo padrão de lado a favor de uma reação ou melhora de vida.

Tudo que existe no campo material é composto por partes menores que são os átomos, e se um átomo não é algo material logo tudo que existe é energia. Sob um olhar microscópico nossa realidade e nossos corpos são resultados de vibrações emanadas pelos nossos ancestrais, somos resultado de uma equação genealógica energética que levou milhares de anos até resultar em nosso Eu. A conexão entre física quântica e espiritualidade é algo evidente e presente em nossas vidas e todos os átomos do nosso corpo incluem parte dessa antiga tela que formava o Universo no passado. Somos pó de estrelas e estamos conectados biologicamente a qualquer ser com vida.

Bjos no Coração Abraço na Alma Namastê! Saviitri Ananda - CRTH0230

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo