• Saviitri Ananda

SOMOS SEMENTES DE LUZ



Vamos ficar atentos para uma grande mudança na maneira pela qual nos relacionamos e vemos o mundo. Procuremos equilibrar nossas necessidades, sejam elas materiais, emocionais ou espirituais. Des-condicionemos. Joguemos fora os velhos valores e nos livremos daqueles pontos do ego que não sevem mais para nada.

Uma nova etapa evolutiva se evidencia e devemos embarcar nesta viagem pelo alcance do equilíbrio; tenhamos a coragem de assumir riscos, entrando nesta nova realidade, encontrando Paz e Harmonia. Exploremos e vamos nos expandir. Vamos nos lembrar que temos asas. É tempo de saber que somos muito mais do que podemos perceber; somos seres divinos, mágicos e Ser um mágico significa tomar a iniciativa evolucionária de tornar-se tudo o que se é, portanto, aproveitemos esta energia, e caminhemos para a totalidade de nossa verdadeira identidade.



Primeiro nos aquietemos e, em seguida, escutemos o que a nossa intuição diz. Nós precisamos caminhar para o equilíbrio que é decorrente da nossa auto aceitação. Quando a luz da intuição se acende, ela rompe as barreiras da lógica e da racionalidade e somos imediatamente impulsionados a tomar a atitude correta. Ela não deixa dúvidas e assim, nos sentimos mais seguros para agir. Essa é uma atitude que precisamos praticar com muita intencionalidade, pois ao permitir que a razão seja acolhida na Luz maior da intuição, saberemos claramente do que precisamos. Com o despertar do amor da alma no coração, a faculdade intuitiva emerge como um dom natural que iluminará nosso caminho.


O momento fala de novos caminhos ou da determinação para permanecer no caminho baseado na verdade pessoal. O envolvimento nessa intensa busca espiritual servirá de base para profundas revelações sobre a vida. Aquilo que parecia certo no passado perde agora sua importância, pois estamos no caminho da concretização de um potencial mais elevado. Procuremos então, não nos desviar do nosso caminho. Nós trabalhamos com afinco e sofremos para chegar aonde chegamos. As sementes vingaram e os frutos amadureceram; podemos esperar uma boa colheita e uma fase de compreensão e de Luz.


No momento sentiremos certa facilidade para a auto realização e para que essa energia flua, devemos conhecer nossos limites e dificuldades que foram adquiridos pela nossa falta de atenção em relação a nós mesmos, quando permitimos que palavras ou atitudes danificassem o nosso circuito interno, registrando impressões ilusórias e nos mantendo preso a padrões, nos condicionando.


Sempre que situações assim acontecem, podemos perder o contato com a nossa essência mais pura, e nos envolver no ambiente imediato, nos misturando às energias que estão fora de nossa sintonia e que nos mantém fora do centro e nos distancia de nossos registros akashicos. Estamos vindo de várias vidas e guardamos um grande conhecimento que está só esperando que seja acessado, no momento certo e, esse momento, só nós sabemos qual é.


Está na hora de despertar; de nos questionarmos mais, procurando saber o que precisamos nesse momento, para dar seguimento à nossa caminhada. Precisamos criar uma estratégia de ação para o que nós desejamos realizar, sempre lembrando de que tudo o que fizermos deve ser por princípios mais elevados. Vamos permitir que o nosso Ser Interior, nossa Alma assuma o comando, levando-nos à harmonia. Deixemos que nossa Luz brilhe iluminando a nossa vida e a vida dos demais. A vida é algo maravilhoso. É a expressão de um ser de altíssima dimensão, manifestado na terceira dimensão, com o propósito de vencer a si mesmo alcançando outro nível vibracional.


Imagine um imenso foco de Luz Cósmica e banhe-se nessa Luz, respire-a e absorva o máximo que puder, mas lembre-se de liberar essa luz universalizando-a e iluminando tudo e a todos para que não haja nenhum lugar, por menor que seja na escuridão.

Somos Luz! Viemos da Luz! Semeamos Luz!


Bjos no Coração

Abraço na Alma

Namastê!

Saviitri Ananda - CRTH/BR0230

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo